domingo, 5 de maio de 2013

O primeiro ano de vida

copiei esta imagem da Internet: babyvelvet.blogspot.com 

Em maio de 2013 a Operação Gato de Rua está fazendo aniversário. Comemoramos nosso primeiro ano de vida.

Fico muito feliz em ter continuado com um projeto que começou meio que sem querer, no impulso. No começo não tinha muita noção, cometi erros crassos. Mas aí a Greise me enviou um link de como usar a gatoeira corretamente e minha vida mudou. Conheci - pelo menos ciberneticamente - a Otávia de São Luiz, do Projeto Felinos Urbanos e vi que sim, é possível. Obrigada às duas por todas as indicações e ajuda.

Nesse ano de dedicação aos gatos de rua de Blumenau conseguimos:

- castrar 78 gatos (por enquanto) - o que significa: 936 gatos que não nascerão, não serão abandonados e não sofrerão nas ruas. (considerando que um casal de gatos gera, por ano, no mínimo 12 gatinhos - e que cada um dos nossos gatinhos é metade de um casal) - em dez anos serão já hoje - 6.271.177.240  gatos sofredores a menos nas ruas - se meus dotes matemáticos não estiverem me enganando. 

 Inge - gatinha nr. 36


Gatinhas Beijinho e Brigadeiro - nrs. 77 e 78

- conhecer muita gente legal pelo Brasil que se identifica com a causa e nos ajuda sendo com doação de ração, de dinheiro, comprando livro ou camiseta, dando apoio moral, opinião, compartilhando meus posts, lendo e comentando meu blog, pagando castração por conta própria na sua rua ou nas redondezas ou de qualquer outra maneira. Não vou colocar nomes porque sei que vou esquecer pessoas e não quero ser injusta. Quem me ajudou sabe e é pra todo mundo meu abraço de muito obrigada.


Imagem: davidaaoamor.blogspot.com

- convencer 4 pessoas (por enquanto) da importância de se manter o próprio gato castrado dento de casa, com tela de proteção. Um dos meus temas preferidos, gente. Sério :)


Athur, o gato da Otávia dos Felinos Urbanos, em segurança dentro de casa. Imagem: amoremiados.blogspot.com


- conhecer o ser humano malvado que abandona gatinhos (encontramos 6 gatos abandonado mansos que foram doados), envenena gatinhos ( foram envenenados o Kaká, o Romeuzinho e a Mini Mamãe - já castrados e ainda sem castrar a Mãezinha e dois irmãos do Kaká, além de um filhote da Mãe Preta - todos numa colônia, além da gatinha Mãe de Todos, não castrada e uma de suas ninhadas, assim como uma gatinha preta sem castrar da mesma colônia), ameaça envenenar gatinhos ( vide colônia do León, Pascoal, Maizena, Mutti, Clarinha, Arthur, Ingo e Meia-Noite ), dá pauladas em gatinhos ( Vitória e Tereza ).


Fofolete - gata nr. 61 - abandonada pelos donos, foi doada para um família carinhosa


Kaká - gatinho nr. 39 - covardemente assassinado com veneno, juntamente com seus irmãos e outros gatinhos da colônia



Vitória - gatinha nr. 40 - agredida por um vizinho covarde - teve todos os seus filhotes mortos a paulada.


Pascoal e León - gatinhos nr. 71 e 66 - ameaçados de envenenamento - tentei sociabilização, sem sucesso

- aprender ( será ? ) que gato arisco não pode ser doado, nem quando é filhote ( vide Léa, León, Maizena, Pascoal )

- amar a todos os gatos, incondicionalmente e chorar quando eles morrem por motivos além de nossas forças, como o Frajola irmão da Léa e a Filhota, que foram atropelados, além de um dos filhotes da Filha Dela - de causas naturais.


Filhota - gatinha nr. 59 - atropelada uma semana após a castração 


- chegar à conclusão que existem gatos com alma de bagre que nos dão bailes e são muito mais espertos do que pensamos, principalmente quando são fêmeas de pelagem tipo Frajola: Mega-Sena, Nove e Quinze, Filha Dela, Lisinha - que não perdem por esperar e Bagre, Mami, Mãezinha Tricolor, Subterrâneo - já capturados e castrados, graças a Deus.

Mami - da turma da Gundi - uma das maiores bagres, hoje, devidamente castrada

- saber a importância de se ter uma drop trap trambolhuda e uma lata de sardinhas


drop trap - o trambolho que me faz mais feliz que um par de sapatos novos ou joias caras

Também aprendemos que a honestidade, a transparência, geram confiança e colaboração.

Aprendi que preciso, URGENTEMENTE, aprender a usar o photoshop pra fazer posts bonitinhos para o blog e a página.

Foi um ano de muitos domingos não aproveitados com lazer, algumas vezes vontade de desistir. Muito cansaço físico, mental e emocional. Muita realização, muita alegria, muitas lágrimas.

Para os próximos anos temos programados:

- nosso primeiro pedágio nos semáforos de Blumenau
- nosso I Encontro Nacional de C.E.D - com muitos grupos lindos de C.E.D. do Brasil. 
- um evento voltado exclusivamente para gatos e gateiros



Muito obrigada a todo mundo que nos apoia, que acredita em nós, que nos divulga e ajuda financeiramente. Obrigada aos meus leitores que, consciente ou inconscientemente nos ajudaram a realizar nosso trabalho.

Espero não desistir, poder continuar levando esperança de uma nova vida a milhões de gatinhos por aí. 

Continuem colaborando conosco. Precisamos muito de seu apoio.

Deus abençoe a todos vocês.

Grande abraço,

Maria Cecília e Fábio Quideroli 





2 comentários:

  1. Parabéns por um ano de muitas lutas e torço para que venham mais anos e muitas conquistas!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Operação Gato de Rua por um ano de sucesso tenho certeza que ainda vai ficar melhor ainda.

    Bjus Juce Santos

    ResponderExcluir